Quinta, 03 de Dezembro de 2020
(67) 99242-5959
Política 1ª SESSÃO ORDINÁRIA

Câmara Municipal de Ponta Porã promoveu sessão ordinária nesta terça-feira

Os 17 vereadores de Ponta Porã, realizaram a sessão ordinária nesta terça-feira

17/11/2020 18h47
Por: Zadir de Souza Fonte: Assessoria de Imprensa
Vereadores promoveram a primeira sessão ordinária após o período eleitoral (Foto: Lécio Aguilera)
Vereadores promoveram a primeira sessão ordinária após o período eleitoral (Foto: Lécio Aguilera)

Passado o periodo eleitoral, os 17 vereadores de Ponta Porã, realizaram a sessão ordinária nesta terça-feira, 17 de novembro.

Na primeira sessão ordinária após a eleição que reconduziu ao cargo 10 dos 17 parlamentares, os destaques ficaram por conta dos pronunciamentos avaliando o pleito eleitoral de 15 de novembro.

Os parlamentares se revezaram na Tribuna da Câmara Municipal para agradecer pela votação obtida mas também para comentar sobre os problemas registrados durante o processo eleitoral. Um deles se trata das supostas irregularidades ocorridas na votação como a "compra de votos em território paraguaio". Todos os vereadores se posicionaram contra esta prática que prejudica o processo, mancha a classe política e promove uma competição desigual.

Na eleição, 10, dos 17 vereadores, conquistaram um novo mandato: Rony Lino Miranda, Edinho Quintana, Neli Abdulahad, Edevaldo Mattoso, Candinho Gabínio, Marcelino Nunes de Oliveira, Jelson Bernabé, Farid Afif, Rafael Modesto e Wanderlei Avelino. Não conseguiram votos suficientes para voltar ao Legislativa Municipal a partir do ano que vem, os vereadores, Paulinho Roberto do PT, Anny Espínola, Agnaldo Miudinho, Adãozinho Dauzacker, vereador Marquinhos, Otaviano Cardoso. O vereador Daniel Marques não disputou a reeleição.

Durante a sessão, os parlamentares agradeceram pela oportunidade de representar a população de Ponta Porã nos últimos quatro anos e renovaram as esperanças de que o Município vai continuar trilhando o caminho do desenvolvimento  por conta da reeleição do prefeito Hélio Peluffo Filho que obteve uma votação histórica, mais de 90% dos votos válidos.

  Três projetos de lei encaminhados pelo Poder Executivo Municipal entraram na pauta da sessão. As matérias foram lidas e passam a ser analisadas nas comissões temáticas da Casa de Leis para depois voltar ao Plenário para deliberação dos parlamentares.

 

Ele1 - Criar site de notícias