Quinta, 27 de Janeiro de 2022
26°

Muitas nuvens

Ponta Porã - MS

Câmara dos Deputados Câmara dos Deputados

Comissão debate questões relacionadas a homicídios em série

Depositphotos Polícia americana deu o nome de homicida ativo a autores de atentados A Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados promo...

06/12/2021 às 09h35
Por: Zadir de Souza Fonte: Agência Câmara de Notícias
Compartilhe:
Polícia americana deu o nome de homicida ativo a autores de atentados - (Foto: Depositphotos)
Polícia americana deu o nome de homicida ativo a autores de atentados - (Foto: Depositphotos)

A Comissão de Segurança Pública da Câmara dos Deputados promove audiência pública nesta terça-feira (7) para debater questões relacionadas ao crime de homicídio ativo. O debate atende a requerimento do deputado Antônio Furtado (PSL-RJ).

O deputado explica que o homicida ativo, segundo o departamento federal de investigação norte americano (FBI - Federal Bureau of Investigation), consiste em “um ou mais indivíduos ativamente engajados em matar ou tentar matar pessoas em uma área povoada".

"A proliferação de atentados de homicidas ativos em todo o mundo colocou em alerta as instituições policiais e de Defesa Nacional. Até mesmo o Brasil, que tradicionalmente participava mais como espectador que como vítima, passou a ser alvo", destaca o parlamentar.

Ele cita os massacres de Suzano (SP), onde dois ex-alunos invadiram a Escola Estadual Professor Raul Brasil e mataram sete pessoas, e o de Realengo (RJ), em que o atirador Wellington Menezes de Oliveira invadiu a escola armado com dois revólveres e começou a disparar contra os alunos presentes, matando 12 deles.

Na avaliação de Antônio Furtado, o Brasil ainda carece de legislação, protocolos (policiais e civis) e informações diversas sobre homicídio ativo, por isso é importante que o colegiado promova o debate.

Convidados:
- o delegado de Polícia Civil do Rio Grande do Norte, Evandro Luiz dos Santos;
- o coordenador da Coordenadoria de Recursos Especiais da Polícia Civil do Estado do Rio de Janeiro (Core/PCRJ), Fabricio Oliveira;
- o agente da Polícia Civil do Distrito Federal Felipe Teixeira Gabriel;
- o agente da Polícia Legislativa da Câmara dos Deputados, Guilherme Rodrigues de Sousa;
- o presidente da Associação Nacional de Guardas Municipais do Brasil, Reinaldo Monteiro da Silva;
- o vice-presidente da Associação dos Delegados de Polícia do Brasil, Fábio Daniel Lordello.

A reunião será realizada às 16 horas, no plenário 14

Ele1 - Criar site de notícias