Quinta, 19 de Maio de 2022
11°

Poucas nuvens

Ponta Porã - MS

Política DUPLA DE ASSALTANTES

Dupla de assaltantes que matou pai e filho seriam indígenas de Sapucaia

A informação está sendo investigada pelos policiais que participam das buscas aos assassinos

19/01/2022 às 09h32
Por: Zadir de Souza Fonte: Capitan Bado
Compartilhe:
Um dos criminosos seria Siguinaldo Gonçalves
Um dos criminosos seria Siguinaldo Gonçalves

Os dois assaltantes que mataram pai e filho na manhã de sexta-feira (14) em uma fazenda no município de Amambai, seriam ex-funcionários da propriedade e teriam sido reconhecidos por uma das vítimas.

O fazendeiro Olenir Nunes da Silva morreu em troca de tiros com os bandidos e o filho dele, Antônio Nunes da Silva, 23, foi executado por ter reconhecido os ex-empregados. A informação está sendo investigada pelos policiais que participam das buscas aos assassinos.

A reportagem apurou que um dos criminosos seria Siguinaldo Gonçalves. O outro tem menos de 18 anos de idade. Os dois seriam moradores da aldeia Taquapiri, localizada no município vizinho de Coronel Sapucaia. Fotos deles circulam em grupos do aplicativo WhatsApp.

Na tarde desta terça-feira (18) também surgiram boatos de que os dois teriam sido capturados pelas lideranças da aldeia e seriam entregues aos policiais, mas a informação ainda não foi confirmada pela Polícia Civil.

Também há relatos de que os dois latrocidas foram identificados após denúncia de uma mulher interessada na recompensa de R$ 50 mil oferecida por amigos e familiares das vítimas.

Ela teria reconhecido a pistola calibre 7,65 encontrada na caminhonete roubada da fazenda e abandonada após os criminosos se envolverem em acidente durante a fuga. A arma pertencia ao ex-marido dessa mulher e teria sido vendida a um dos assaltantes.

O crime – Na manhã de sexta, Antônio chegou à fazenda antes do pai. Quinze minutos depois, Olenir, mais conhecido como Nego, também chegou ao local e saiu da casa para consertar cercas com um funcionário da fazenda.

Neste período, os homens encapuzados entraram na propriedade e renderam Antônio, o deixando amarrado no quarto. Após dominarem a vítima, os homens teriam ido em direção à caminhonete Hilux da família, assim como à F-1000 antiga. Olenir estava retornando para a casa e encontrou com os ladrões.

Houve troca de tiros. O produtor rural foi atingido e morreu no local. Antônio foi morto mesmo sem reagir, o que reforça a suspeita de que tenha reconhecido os criminosos.

 

Ele1 - Criar site de notícias