Natuzzi descontos de até 50%
Refis_30 de Agosto 2019
TORRA TORRA

Torra Torra de Verão vendeu bem e abriu caminho para o Torra Torra de Inverno

ACEPP quer comerciantes “falando mais” e “lucrando mais” nos eventos promocionais

11/02/2019 14h45
Por: Zadir de Souza
Fonte: Edmondo Tazza
Torra Torra de Verão atraiu bom público e atingiu as expectativas dos comerciantes
Torra Torra de Verão atraiu bom público e atingiu as expectativas dos comerciantes

Sempre atenta aos assuntos de interesse dos comerciantes e focada em pensar, planejar e realizar eventos e atividades que resultem em aquecimento das vendas, rotatividade de estoques, circulação de capital, geração de empregos e rendas, enfim trabalhando para que a economia da fronteira cresça mais e continuamente, a Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã (ACEPP) acaba de carimbar com sucesso mais uma “boa ideia”: o 1º Torra Torra de Verão, realizado neste domingo, na Avenida Brasil, em Ponta Porã.

Ao conseguir, mais uma vez, atingir as expectativas dos participantes e favorecendo o público consumidor com oportunidades de comprar mais e pagar menos, a ACEPP convida seus filiados (e sugere que outras empresas venham fazer parte da entidade) a participarem efetivamente das iniciativas criadas para “o bem de todos”, não só inserindo seu estabelecimento nas campanhas de vendas, como e, principalmente, opinando, comentando, em resumo “falando mais aquilo que pensa e quer da entidade que o representa”, para que “seja feita a sua vontade”.

As citações entre aspas são da presidente da agremiação, Fabricia Dias que está concentrada em planejar metas e ações que tenham única e exclusivamente o objetivo de beneficiar o comércio e o empresariado de Ponta Porã.

Nesta segunda-feira (11) depois de contabilizar com saldo positivo o resultado de mais uma promoção relâmpago para liquidar pontas de estoque e oportunizar vendas de produtos diversos com descontos especiais, ela voltou a frisar que “a ACEPP deixou de protagonizar as tendências políticas assumidas durante as gestões de seu antecessor, Eduardo Gaúna (falecido em novembro passado), para dirigir seus esforços somente no propósito de aquecer o comércio e a economia local”.

Isso, obviamente, sem se descuidar de assuntos que invariavelmente venham a exigir a intervenção da entidade junto ao poder público, como trânsito, segurança pública, infraestrutura, código de posturas e tributação.

A presidente ainda reiterou que os lojistas devem se manter mais próximos da Associação Comercial, acompanhando e participando das atividades que são realizadas justamente com a intenção de beneficiá-los. “As campanhas de vendas e eventos pontuais que são geridos pela ACEPP obviamente têm custo. Este investimento é rateado entre os participantes. Por isso, é importante destacar que quanto maior for o número de participantes, menor será o valor da inscrição, já que a associação não visa lucros”, completou a associativista.

Considerando que o Torra Torra de Verão “foi muito bem, obrigado”, mesmo considerando a chuva que se precipitou sobre a fronteira no final da tarde de domingo, Fabricia Dias assinalou que “este projeto piloto foi uma experiência positiva e que já nos oferece precedentes para realizar promoção semelhante no inverno. E virão outros mais, com certeza”, completou. (Edmondo Tazza – MTE/MS 1266)

  • Torra Torra de Verão vendeu bem e abriu caminho para o Torra Torra de Inverno
  • Torra Torra de Verão vendeu bem e abriu caminho para o Torra Torra de Inverno
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários