Equimape Móveis
Refis 10-09-2019
Setembro Amarelo
PREOCUPAÇÃO

Chuvas deixam famílias desalojadas em Bela Vista

Rio Apa está aumentando e já atinge 7 metros

21/03/2019 16h06
Por: Zadir de Souza
Fonte: Correiodoestado
Rio subiu mais um metro nesta quinta-feira - Foto: Edinho Corrêa
Rio subiu mais um metro nesta quinta-feira - Foto: Edinho Corrêa

O aumento do Rio Apa, decorrente das fortes chuvas que tem atingido o interior do estado, tem preocupado autoridades. De acordo com a Defesa Civil, o rio atingiu sete metros na manhã desta quinta-feira (21). Na tarde de ontem a informação era de que o rio tinha atingido seis metros. Mais de 16 famílias estão desalojadas em Bela Vista e algumas abrigadas em escolas das cidades atingidas. 

Mesmo com tempo firme e com a forte presença do sol, na manhã de hoje, em algumas partes do estado, autoridades continuam preocupadas porque o rio está subindo rapidamente. Em Águas de Miranda, município de Bonito, são quatro famílias desalojadas. 

Em Caracol, de acordo com o tenente dos Bombeiros Landis Dornelles Pereira, estão fazendo procedimento para decretar estado de emergência da cidade. Tem, aproximadamente, 70 km de estradas intransitáveis no município e 50% da cidade foi atingida pela chuva.

Tanto em Caracol como Bataguassu, a Defesa Civil declarou que várias pontes e estradas estão alagadas.

As áreas mais afetadas dos municípios foi a zona rural, com estragos em estradas, deixando moradores isolados, pois transporte não está conseguindo ter acesso aos locais.

As aulas em Caracol estão suspensas devido aos estragos das chuvas. A medida foi necessária devido ao número de alunos da área rural. E em Bataguassu, as pistas estão inundadas, motoristas não conseguem identificar retornos. As pistas da BR-267 estão intransitáveis.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários