Equimape-2 18-06-2019
Julho Amarelo
EXECUÇÃO

Filho de PM é executado a tiros de fuzil na porta de casa

Capitão já foi preso por envolvimento com caça-níquel em 2009

10/04/2019 08h57Atualizado há 3 meses
Por: Zadir de Souza
Fonte: Correiodoestado
Caminhonete ficou completamente destruída com disparos de executores - Foto: WhatsApp / Correio do Estado
Caminhonete ficou completamente destruída com disparos de executores - Foto: WhatsApp / Correio do Estado

Filho de um capitão aposentado da Polícia Militar, sofreu um ataque e foi morto a tiros de fuzil no momento em que saía de casa em sua caminhonete S10, no início da noite de quarta-feira (9), no Jardim Bela Vista, região central de Campo Grande. 

Segundo a polícia, Matheus Xavier deixava a garagem da residência no veículo quando dois homens que estavam em um Volkswagen Up lhe surpreenderam e já desceram do carro atirando. A vítima foi atingida ao menos sete vezes utilizando um fuzil calibre ponto 762, de acordo com o apontado pela perícia.

Os bandidos fugiram após os disparos. Ninguém fora reconhecido até a publicação desta reportagem.

Na apuração inicial do caso, foi descoberto que Matheus retirava o carro para que o pai, capitão Paulo Roberto Teixeira Xavier, pudesse sair com seu Ford Ka. Na avaliação dos investigadores da Polícia Civil, ele é quem era o alvo e os executores confundiram os veículos.

Paulo Roberto tentou salvar o filho com seu próprio carro. Na Avenida Mato Grosso abordou uma equipe dos Bombeiros, que escoltou o carro até o pronto-socorro da Santa Casa, onde Matheus já chegou morto.

O capitão da PM já fora preso em 2009, acusado pela Polícia Federal de explorar máquinas caça-níqueis na Capital. Segundo seu processo na Justiça, foi condenado a sete anos de prisão por falsidade ideológica, mas acabou liberado em 2011 beneficiado com o direito em responder o processo em liberdade concedido pelo Superior Tribunal Federal. Está aposentado da corporação desde 2017.

O caso foi registrado como homicídio qualificado na delegacia de plantão do Centro, mas será investigado por uma força-tarefa conjunta. Apesar da casa ter câmeras de segurança, os aparelhos estavam desligados há três dias por conta de um reforma no local.

 

  • Filho de PM é executado a tiros de fuzil na porta de casa
  • Filho de PM é executado a tiros de fuzil na porta de casa
  • Filho de PM é executado a tiros de fuzil na porta de casa
  • Filho de PM é executado a tiros de fuzil na porta de casa
  • Filho de PM é executado a tiros de fuzil na porta de casa
  • Filho de PM é executado a tiros de fuzil na porta de casa
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários