Natuzzi descontos de até 50%
Refis Agosto 2019
OPERAÇÃO NOTA ZERO

Azambuja quer que envolvidos em crime de corrupção sejam punidos

Governador pede para que cofres públicos sejam ressarcidos

10/05/2019 14h16
Por: Zadir de Souza
Fonte: Correiodoestado
Governador fez declarações durante lançamento de campanha do Maio Laranja - Foto: Chico Ribeiro/Governo
Governador fez declarações durante lançamento de campanha do Maio Laranja - Foto: Chico Ribeiro/Governo

Durante lançamento do Maio Laranja que ocorreu na manhã desta sexta-feira (10), o governador do Estado, Reinaldo Azambuja (PSDB) comentou sobre a Operação Nota Zero deflagrada pela Polícia Federal, em que a Secretária Estadual de Saúde (SED) estaria sendo investigada por suspeita de crime de corrupção. “O estado é vítima, muitas vezes, do abuso de algumas pessoas, servidores ou não e o que queremos é que os cofres públicos sejam ressarcidos daquilo que possivelmente possa ter sido desviado”, disse Azambuja.

O líder do Executivo estadual disse que considera “extremamente positivo que se tenha esses órgãos de controle”, ao se referir a Polícia Federal e as investigações deflagradas. “Temos que apurar, comprovar e punir aquele que fez algo contra o estado, a gente tem que levar isso adiante”, reforçou ele.

Azambuja considerou também que as ações de investigação são resultado do “bom ordenamento jurídico das instituições funcionando” e que se tem alguma denúncia é necessário investigar e se houver comprovação é necessário que o responsável seja punido. “Queremos a devolução daquilo que foi tirado do estado”, afirmou.

MAIO LARANJA 

Campanha para fomentação e fortalecimento de ações que visam combater violência sexual contra crianças e adolescentes foi lançada na manhã de hoje.

Dados da Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública (Sejusp) revelam que Mato Grosso do Sul lidera o ranking nacional de casos registrados de estupros de crianças e adolescentes. De 1º de janeiro até o dia 10 de abril de 2019, a Delegacia Especializada de Proteção à Criança e ao Adolescente (DPCA) registrou 141 crimes, sendo nove tentativas de estupro, 10 violências doméstica e 122 estupros. “O que mais nos assusta é que 80% dos abusos são cometidos dentro do lar da vítima”, disse o governador.

Durante o mês de maio serão promovidas atividades para conscientização, prevenção e orientação sobre as formas de abusos contra crianças e adolescentes. Os objetivos da campanha são: dar publicidade para que se denuncie a violência e orientar os jovens sobre o que é abuso, como prevenir e denunciar este tipo de crime.

A campanha será divulgada por meio de diversos veículos de comunicação e mídias (online e offline). Serão realizadas diversas ações em todo o Estado, como palestras e capacitações nas escolas, voltadas para os profissionais de educação, pré-adolescentes e adolescentes; distribuição de material publicitário em prédios públicos, avenidas, igrejas, escolas e etc; será disponibilizado conteúdo digital com linguagem apropriada para crianças pequenas, adolescentes e vídeo-aula para qualquer adulto que tenha interesse em adquirir conhecimento e defender a causa.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários