Residencial Ponta Porã I
BIOMETRIA

Vereadores alertam para fim do prazo do cadastro eleitoral biométrico em Ponta Porã

Os parlamentares lembraram que o prazo está terminando e conclamaram a população para colaborar com o trabalho da Justiça Eleitoral

22/05/2019 14h19
Por: Zadir de Souza
Fonte: Assessoria de Imprensa
Câmara Municipal promoveu sessão em que o cadastramento biométrico da Justiça Eleitoral foi um dos temas debatidos (Foto: Lécio Aguilera)
Câmara Municipal promoveu sessão em que o cadastramento biométrico da Justiça Eleitoral foi um dos temas debatidos (Foto: Lécio Aguilera)

Os 17 vereadores de Ponta Porã estão engajados no apoio ao trabalho desenvolvido pela Justiça Eleitoral que visa efetuar o cadastro biométrico de todos os eleitores do município. Na sessão desta terça-feira, 21 de maio, os parlamentares lembraram que o prazo está terminando e conclamaram a população para colaborar com o trabalho da Justiça Eleitoral.

O presidente da Câmara Municipal, Candinho Gabínio, disse que milhares de pessoas ainda não fizeram o cadastro biométrico e, por isso, correm o risco de perderem o título de eleitor. “É uma situação preocupante, pois muita gente terá dor de cabeça por conta do cancelamento do título. Este documento é fundamental na vida do brasileiro, sempre exigido em muitos procedimentos do nosso dia a dia. Interfere na vida da pessoa física que corre o risco de perder até o CPF”, alertou.

 Em Ponta Porã os atendimentos são realizados somente por agendamento, disponível no site do TRE-MS. Após agendar, o eleitor deve comparecer ao Cartório Eleitoral na data e hora marcadas, portando um documento oficial de identificação com foto e comprovante de residência atualizado. Homens maiores de 18 anos, que irão tirar o título pela primeira vez, também devem levar o comprovante de quitação militar.

O prazo vai até 30 de maio de 2019. O Cartório Eleitoral de Ponta Porã fica na rua Baltazar Saldanha, 1591. Para mais informações, ligue: 3431-3864 ou 3432-3331.

A biometria é uma tecnologia que dará ainda mais segurança à identificação do eleitor no momento da votação. O leitor biométrico acoplado à urna eletrônica deve confirmar a identidade de cada eleitor, comparando o dado fornecido (impressões digitais) com todo o banco de dados disponível. A medida torna praticamente inviável a tentativa de fraude na identificação do votante, uma vez que cada pessoa tem impressões digitais únicas.

Lembrando que o cadastramento biométrico é obrigatório, sob pena de cancelamento do título de eleitor. 

O Cartório Eleitoral de Ponta Porã atenderá, em regime de plantão, no próximo sábado (25 de maio), das 8h às 18h.

TRIBUNA LIVRE

Durante a sessão o empresário, Anderson Carpes, utilizou a Tribuna Livre para anunciar que Ponta Porã receberá, em junho, um evento chamado On Leader Ship Tour, um treinamento para empresários e líderes de corporações promovido pela empresa norte-americana Franklin Covey.

O empresário disse que o evento será realizado no dia 14 de junho das 8 às 13 horas, no Centro de Eventos do Hotel Pousada do Bosque.

PROJETO

A sessão de terça-feira, 21 de maio, também foi marcada pela apresentação de um projeto de lei de autoria da vereadora Anny Espínola que assegura às pessoas surdas ou com deficiência auditiva o direito a atendimento por tradutor e intérprete da Língua Brasileira de Sinais – LIBRAS, nos entes e órgãos públicos municipais. O projeto será encaminhado para apreciação das comissões temáticas da Casa de Leis e, após isso, voltará a Plenário para votação dos vereadores.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos o direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários