Equimape-2 18-06-2019
Refis 2019
EXECUÇÃO BR-163

Homem é executado a tiros e mulher e criança ficam feridas

No mês passado, tio e primo da vítima também foram executados

04/07/2019 20h06
Por: Zadir de Souza
Fonte: Correiodoestado
Pistoleiro aproveitou quando carro parou e efetuou vários disparos - Foto: Tá na Mídia Naviraí
Pistoleiro aproveitou quando carro parou e efetuou vários disparos - Foto: Tá na Mídia Naviraí

Lucas Alexandre Fogaça de Oliveira , 23 anos, foi executado a tiros e duas pessoas ficaram feridas, sendo uma mulher de 33 anos e uma criança, de 2, em ataque de pistoleiros, nesta quinta-feira (4), na BR-163, em Itaquiraí.

De acordo com informações do site Tá na Mídia Naviraí, as vítimas seguiam em um Fiat Palio e, por conta de obras na rodovia, pararam em um trecho onde o tráfego funcionava no sistema pare e siga.

No momento em que pararam, homem que estava como passageiro em uma caminhonete que seguia atrás do Palio desceu, foi até o carro das vítimas e efetuou diversos disparos, fuginfo em seguida.

Lucas, a mulher e a criança foram socorridos por equipe de resgate da CCR MSVia e encaminhados a Santa Casa de Naviraí. Ele não resistiu aos ferimentos e morreu pouco depois de dar entrada no hospital. A criança foi atingida por um tiro no tornozelo e a mulher também ficou feridas, mas não há informações sobre o local em que foi atingida.

Equipes das Polícias Civil, Militar e Rodoviária foram ao local fazer os levantamentos e várias cápsulas deflagradas foram encontradas próximas ao veículo. Suspeitos ainda não foram localizados.

EXECUÇÃO DE FAMÍLIA

Lucas é sobrinho de Vilmar Fogaça da Silva, 43 anos, que foi assassinado a tiros de pistola 9 mm no dia 13 de junho. Ele estava dentro de um Renault Fluence estacionado, quando pistoleiros passaram e efetuaram vários disparos. Vilmar foi atingido na nuca e morreu na hora.

Oito dias depois, o filho de Vilmar, Matheus Fogaça, de 17 anos, foi encontrado morto em uma estrada rural nas proximidades da região de Rio Tormenta, na cidade de Três Barras do Paraná. Ele foi assassinado com dois tiros de pistola 9 mm na nuca. 

Segundo a polícia, o crime foi cometido por vingança. O adolescente era procurado por suspeita de matar Alyson de Melo Prudente, 30 anos, em suposto acerto de contas. Crime aconteceu no dia 27 de maio deste ano, próximo a um assentamento em Itaquiraí. 

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários