Natuzzi 50% de descontos
Refis_Outubro 2019
COPA DO BRASIL 2019

Flamengo de Jesus tem primeiro desafio contra Athletico-PR

Técnico português faz sua estreia oficial no Rubro-Negro

10/07/2019 11h05
Por: Zadir de Souza
Fonte: Correiodoestado
- Foto: Alexandre Vidal/Divulgação/Flamengo
- Foto: Alexandre Vidal/Divulgação/Flamengo

O primeiro jogo oficial de Jorge Jesus à frente do Flamengo será nesta quarta-feira, às 20h30 (de MS), quando o time carioca visita o Athletico Paranaense na Arena da Baixada, em Curitiba (PR), pela rodada de ida das quartas de final da Copa do Brasil. O treinador português chega para a vaga deixada por Abel Braga e terá o desafio de reconduzir o Rubro-Negro ao caminho dos títulos nacionais.

O Flamengo eliminou o Corinthians nas oitavas de final com dois triunfos por 1 a 0. Já o Furacão despachou o Fortaleza com uma vitória por 1 a 0 no Paraná, depois de segurar empate sem gols no Nordeste.

Ciente de que o Athletico Paranaense vai querer se impor em casa, o Flamengo espera uma forte pressão.

“Sabemos que é um jogo muito complicado, pois o Athletico Paranaense é muito forte jogando dentro de casa. A nossa expectativa é a de que eles vão tentar fazer o resultado para terem mais tranquilidade na volta, no Rio de Janeiro. Vamos precisar saber lidar com este tipo de situação, pois não podemos aceitar esta pressão. Temos que encontrar o melhor caminho de fazermos o resultado que nos interessa”, disse o zagueiro Léo Duarte.

O Athletico Paranaense não confirma a pressão, mas admite a busca por um jogo equilibrado.

“Vamos precisar encontrar o equilíbrio necessário para fazermos um grande jogo e não darmos espaços ao Flamengo, que tem um time muito eficiente e forte”, alertou o técnico Tiago Nunes.

Em termos de escalação, o Flamengo vai apresentar novidades. O lateral-direito Rafinha, contratado após se desligar do Bayern de Munique, deve estrear na vaga de Rodinei. O meia uruguaio De Arrascaeta e o apoiador Vitinho parecem ter assumido de vez a condição de titulares.

“Vim para o maior clube do Brasil, um clube que se identifica muito comigo por que está acostumado a disputar títulos. Quero viver uma grande fase no Flamengo e a minha expectativa é a de começar com o pé direito”, disse Rafinha.

Depois de um primeiro semestre movimentado, com classificação na Libertadores da América, a disputa da final da Recopa, mas, principalmente, mostrando uma forma de jogar que chamou a atenção a mídia nacional, o Furacão agora precisa mostrar algo que mais, que passa por ter equilíbrio dentro e fora de casa e pela descoberta por alternativas após a saída de alguns jogadores.

Embora a saída do lateral Renan Lodi seja a mais sentida, já que o jovem prata da casa era um dos maiores destaques da equipe athleticana e, a princípio deve ser substituído por Márcio Azevedo, que não possui as mesmas características, inclusive físicas, o maior problema no momento está na zaga. Paulo André se aposentou, Thiago Heleno segue afastado, Pedro Henrique já atuou pelo Corinthians e não pode jogar e Lucas Halter virou dúvida de última hora. Com isso, ao lado de Léo Pereira, Robson Bambu pode ser uma opção.

O confronto de volta entre Flamengo e Athletico Paranaense, previsto para o Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ), acontecerá na próxima semana, no dia 17 de julho. As duas equipes já se enfrentaram uma vez nesta temporada. Foi em solo carioca, pelo Campeonato Brasileiro, e os flamenguistas venceram por 3 a 2. Quem passar deste duelo vai cruzar nas semifinais com o vitorioso do embate entre Grêmio e Bahia.

FICHA TÉCNICA
ATHLETICO-PR X FLAMENGO

Local: Arena da Baixada, em Curitiba (PR)
Data: 10 de julho de 2019 (Quarta-feira)
Horário: 20h30 (de MS)
Árbitro: Anderson Daronco (Fifa-RS)
Assistentes: Rafael da Silva Alves (RS) e Leirson Peng Martins (RS)

ATHLETICO-PR: Santos; Jonathan, Léo Pereira, Lucas Halter (Robson Bambu) e Márcio Azevedo; Wellington, Lucho González e Bruno Guimarães ; Nikão, Rony e Marco Rúben
Técnico: Tiago Nunes

FLAMENGO: Diego Alves, Rafinha (Rodinei), Léo Duarte, Rodrigo Caio e Renê; Gustavo Cuéllar, Diego, Vitinho e De Arrascaeta; Bruno Henrique e Gabigol
Técnico: Jorge Jesus

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários