Equimape Móveis
Refis 10-09-2019
Carretas da Saúde
HOMENAGEM

Jarbas Pereira homenageado pela imprensa da fronteira no Desfile da Independência

Jarbas Pereira, um nome que certamente já faz parte da história da comunicação em toda a região de fronteira e no Mato Grosso do Sul

11/09/2019 09h13Atualizado há 6 dias
Por: Zadir de Souza
Fonte: Edmondo Tazza
Profissionais de Imprensa homenagearam Jarbas Pereira no Desfile de 7 de Setembro
Profissionais de Imprensa homenagearam Jarbas Pereira no Desfile de 7 de Setembro

Sua voz jamais vai se calar! Mesmo que ausente nas ondas do rádio, ela vai continuar ecoando nos corações e nas lembranças de todos que tiveram a oportunidade de conviver e admirar o trabalho e a personalidade forte desse que foi consagrado como um ícone do radiojornalismo nacional: Jarbas Pereiera. Essa certeza ficou explícita em evento que encerrou as comemorações alusivas à “Semana da Pátria”, nesse final de semana.

Jarbas Pereira, um nome que certamente já faz parte da história da comunicação em toda a região de fronteira e no Mato Grosso do Sul, falecido em 15 de agosto último, foi alvo de uma homenagem póstuma protagonizada por profissionais de imprensa, durante o Desfile da Independência, no sábado (7), em Ponta Porã.

Com camisetas que traziam a imagem do homenageado, emoldurada pelas mensagens de “Saudades Eternas – Jarbas Pereira A Voz da Fronteira” e “Quem faz História no Rádio tem Muita História para Contar”, praticamente toda a imprensa da fronteira marcou presença no ato simbólico, em quatro veículos caracterizados: o primeiro, com fotos que ilustravam a atuação do radialista nas emissoras, nos jornais, nas assessorias, nos palanques e nos palcos pelos quais passou durante seus 55 anos de profissão; o último, entoando melodias católicas, trazia uma imagem de Nossa Senhora Aparecida, a quem ele era devoto.

Entre todos os envolvidos na homenagem a Jarbas Pereira, foram anotados os nomes de Lile Corrêa, Nino Pereira (filho do radialista), Airton Francisco, Tico, Nilza Terezinha, Antônio Morato, o deputado federal Jony Marcos, que veio do Sergipe para participar do evento, Edson Almeida, Tião Prado, Aleixo Alves, Airton Francisco, Léo Morato, Eder Rubens, Edmondo Tazza (representando o Jornal Che Fronteira), Luciana Oliveira, Lelo Marques, Zadir de Souza, Mariana Corrêa, Andrea Bitencourt, Diovane César, Ed Moreno, Nivalcir Almeida, Jovilson Gimenes, Deomildes Marques (“Negra” viúva de Jarbas), Adão Bueno e Velocindo Silva.

“DINOSSAURO”

O Jornal Che Fronteira publicou um resumo da história de Jarbas Pereira, “um dinossauro da comunicação”, no dia seguinte ao seu falecimento. Acompanhe alguns trechos da matéria exclusiva deste matutino:

“Ele não deixou a vida passar em branco, muito menos em silêncio. Sua voz marcante e inconfundível já levou muita informação, boa música e diversão para milhares de ouvintes, que prestigiavam religiosamente seus mais diferentes programas, através das emissoras de rádio pelas quais passou. Mas, também deixou muita gente (principalmente políticos) sem dormir, já que seu senso crítico e sua inabalável missão de defender os interesses da comunidade não deixavam que os problemas gerais passassem despercebidos. (...)”

“(...) Natural de Rancharia (SP), Jarbas Pereira aportou o então Estado de Mato Grosso ainda jovem, nos anos 70, mas a repercussão de sua voz, através da Rádio Clube de Dourados, já anunciava que as ondas difusoras passariam a viver uma nova era, com dinamismo e coragem até então inusitados.

Multifuncional, ele atuava em diferentes segmentos da notícia, tanto na esfera policial, na política, ou no esporte, área em que teve maior consagração e influência, não só no intuito de promover e incentivar as carreiras de atletas individuais, ou em equipes, em todas as modalidades, mas também avaliando e apontando problemas e soluções nas ações de instituições patronais ou associativistas.

Em 1979 fixou-se na fronteira, comandando a fundação da Rádio Ponta Porã AM, ao lado de duas outras personalidades da radiodifusão, os saudosos Jorge Antônio e, seu filho, Jorge Roberto Salomão. A emissora gerou sucessoras, como a Rádio Fronteira (hoje Mais FM) e a Rádio Líder (hoje Nova FM). (...)”

“(...) Com mais de 55 anos dedicados ao rádio, há uma marca na história desse renomado profissional de imprensa que merece um destaque especial. A Exposição Agropecuária de Ponta Porã, a Exporã, que emplacou sua 45ª edição este ano, contou com a transmissão “ao vivo e em cores” de Jarbas Pereira desde a primeira feira, em 1974. Desde a abertura até o fechamento dos portões do Parque de Exposições “Alcindo Pereira”, ele ocupava o microfone com informações sobre as atividades da programação, como rodeios, leilões, julgamentos de animais, shows e sua “cria” de maior sucesso: o Festival de Calouros, que promoveu artistas pratas da casa e ofereceu disputas saudáveis e inesquecíveis entre as associações de moradores dos bairros de Ponta Porã, representadas pelos candidatos que ocuparam o palco da Exporã. Sua última participação na feira foi em 2016. (...)”

“(...) Em 2014, o radialista Jarbas Pereira foi homenageado pelo presidente do Sindicato Rural de Ponta Porã, Jean Pierre Paes Martins, durante a realização da final do rodeio “Montarias Rodeio Profissional – Cia. Rancho dos Encontros”.
Jean Paes agradeceu ao radialista pelos anos dedicados na organização das festas de rodeio, e lembrou que Jarbas Pereira participou do evento desde sua criação, e que no começo a organização dos shows ficava por conta do radialista.

Em 2016, a Rádio Líder FM 104,9 e o Clube de Imprensa da Região Sudoeste do Mato Grosso do Sul realizaram o evento “Personalidades 2016”, que homenageou os 54 anos de radiojornalismo do comunicador Jarbas Pereira de Oliveira, na época apresentador do Jornal da Líder.

Com dona Nadir, sua primeira esposa, teve três filhos: Jarbas (Nino), radialista em Dourados; Oscar Luiz, advogado em Campo Grande e Wilham, gerente do Banco Bradesco em Dourados. Mas, há 25 teve ao seu lado uma companheira que participava de suas atividades, sobretudo na Exporã: Deometildes Marques, a popular Negra. (...)” (Edmondo Tazza – MTE/MS 1266)

 

  • Jarbas Pereira homenageado pela imprensa da fronteira no Desfile da Independência
  • Jarbas Pereira homenageado pela imprensa da fronteira no Desfile da Independência
Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários