Quinta, 13 de Agosto de 2020
(67) 99242-5959
Polícia DOURADOS

Assassinado no primeiro dia do ano era procurado pela Justiça por estupro

Vítima do primeiro homicídio do ano, o indígena Antônio Dias Benites, 29 anos, vulgo Tonico

02/01/2020 10h38
Por: Zadir de Souza Fonte: Douradosnews
Osvaldo Duarte/Dourados News
Osvaldo Duarte/Dourados News

Vítima do primeiro homicídio do ano, o indígena Antônio Dias Benites, 29 anos, vulgo Tonico, era procurado pela Justiça de Dourados acusado de estupro. Ele foi assassinado na noite de ontem (1°), com golpe de lança no peito. 

A vítima e o autor consumiam bebida alcoólica quando, por motivos ainda em apuração, os dois teriam discutido. Durante a confusão, o acusado, de 23 anos, teria se apossado da barra de ferro e desferido o golpe contra ‘Tonico’.

Em depoimento, testemunhas divergiram sobre essa versão, algumas dizendo que não teria ocorrido discussão alguma. O fato ainda é investigado pela polícia. 

Antônio estava em casa quando o crime aconteceu, na Aldeia Bororó. No mesmo terreno, aos fundos, morava o autor. A vítima ainda tentou correr em direção ao imóvel do assassino, mas acabou caindo no meio do quintal e morrendo na hora. 

No histórico criminal de ‘Tonico’, consta uma acusação por estupro expedida pela comarca de Dourados. Ele era procurado pela Justiça para responder pelo crime.

Agora, com autor do homicídio já identificado, a polícia faz buscas para tentar localizá-lo e entender de fato o que motivou a violência contra o indígena.

Ele1 - Criar site de notícias