Equimape Móveis
Fronteira do Futuro 16-12-2019
BALANÇO

Com o dobro de mortes, fim de ano foi violento nas rodovias federais

Acidentes mataram quatro pessoas e ultrapassagem indevida foi infração mais cometida

02/01/2020 21h42
Por: Zadir de Souza
Fonte: Correiodoestado
 PRF encerra operacão fim-de-ano 2019 no MS
PRF encerra operacão fim-de-ano 2019 no MS

Feriado de Ano Novo foi mais violento do que o ano anterior nas rodovias federais de Mato Grosso do Sul, com o dobro de mortes em acidentes, conforme aponta balanço da Operação Ano Novo, divulgado nesta quinta-feira (2) pela Polícia Rodoviária Federal. Entre os dias 28 de dezembro e 1º de janeiro foram registrados 19 acidentes, com 33 pessoas feridas e quatro óbitos. No mesmo período de 2018, foram duas mortes e 23 acidentes de trânsito.

Primeira morte ocorreu na noite do último sábado (28), na BR-267, em Nova Andradina. Motorista de 25 anos furou bloqueio policial e, durante fuga em alta velocidade, atropelou um casal de irmãos, de 11 e 20 anos, que morreram no local. O carro, que tinha registro de roubo/furto, estava com placas adulteradas e carregado com 160 quilos de maconha.

Colisão frontal entre uma moto e um Ônix, na BR-060, em Bela Vista, às 18h50 do dia 31 de dezembro também foi fatal. Condutor da moto, Valdo Matos Espíndola, 54 anos, morreu no local. Motorista do carro, também de 54 anos, saiu ileso e foi autuado por homicídio culposo.

Em outro acidente ocorrido no último dia do ano, Gilmar Villalba dos Santos, 31 anos, morreu após invadir a contramão da BR-262, e bater a moto que conduzia de frente com um Fiat Uno, na região do Indubrasil, em Campo Grande. No carro estavam o motorista e dois passageiros, que ficaram feridos, sendo um em estado grave.

Durante a operação, PRF fiscalizou 4.562 veículos e 5.241 pessoas nos mais de 3.652 quilômetros de rodovias federais no Estado.

A infração mais cometida foi ultrapassagem indevida, que gerou 289 infrações, sendo sendo 271 ultrapassagens em faixa dupla contínua. Não uso do cinto de segurança também foi recorrente, com 40 autuações a motoristas e 125 por parte dos passageiros.

Os agentes flagraram 51 motoristas que beberam e dirigiram veículos nas rodovias, sendo 10 deles presos devido ao resultado de teste do bafômetro ter indicado concentração igual ou superior a 0,30 miligrama de álcool por litro de ar alveolar, o que configura crime de trânsito. No total, foram realizados 3.091 testes com o bafômetro.

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários