Equimape Móveis
Fronteira do Futuro 16-12-2019
GUERRA

Após nova execução na fronteira, polícia investiga se existem ligações entre os crimes

Jorge Daniel Sanchez Cuevas de 24 anos morreu na noite deste sábado

05/01/2020 11h36
Por: Zadir de Souza
Fonte: Douradosnews
Pistoleiro matou a vítima com cinco tiros de pistola - Crédito: Porã News
Pistoleiro matou a vítima com cinco tiros de pistola - Crédito: Porã News

Jorge Daniel Sanchez Cuevas de 24 anos morreu na noite deste sábado (4), por volta das 23h, em frente a uma conveniência localizada na Rua Brasil, região central que dividi as cidades de Ponta Porã e Pedro Juan Caballero. 

A vítima estava bebendo cerveja na companhia de amigos e familiares no momento em que chegou um pistoleiro abordo de uma motocicleta e cometeu o crime de homicídio, segundo informações do site Porã News. 

O pistoleiro realizou cinco disparos de pistola de calibre 9mm contra a Cuevas. Ele foi levado em seguida para o Hospital Regional de Pedro Juan Caballero, mas não chegou a dar entrada com vida no setor de emergência. 

Investigadores da Divisão de Homicídios e da Divisão de Investigações Criminais de Casos Puníveis chegaram até o local da execução e realizaram os trabalhos de praxe apoiados pelos peritos da Polícia Técnica.

OUTRO CASO

A polícia investiga se existe alguma ligação desta execução com o caso ocorrido na última terça-feira (2), quando Miguel Olmedo Duarte de 21 anos foi alvejado por 13 disparos de pistola do calibre 9mm.

Imagens divulgadas na internet mostram Duarte em frente à vidraçaria, no bairro San Antonio. Enquanto outro funcionário fechava o portão, o pistoleiro usando capacete se aproxima e atira várias vezes em Roger, na frente da testemunha, que corre para dentro do pátio.

Roger ainda tentou correr, mas caiu na calçada. O bandido deixou a moto no chão, se aproximou e disparou mais tiros à curta distância.

 

Nenhumcomentário
500 caracteres restantes.
Seu nome
Cidade e estado
E-mail
Comentar
* O conteúdo de cada comentário é de responsabilidade de quem realizá-lo. Nos reservamos ao direito de reprovar ou eliminar comentários em desacordo com o propósito do site ou com palavras ofensivas.
Mostrar mais comentários