Terça, 26 de Maio de 2020
(67) 99242-5959
Política IPTU 2020

Prefeitura de Ponta Porã estende vencimento do IPTU

Medida visa atender situação de pandemia para facilitar pagamento ao contribuinte

13/05/2020 15h16
Por: Zadir de Souza Fonte: Coordenadoria de Imprensa
Intenso fluxo nos bancos estende pagamento do IPTU
Intenso fluxo nos bancos estende pagamento do IPTU

A prefeitura de Ponta Porã está estendendo o prazo para quitação do Imposto Predial Territorial Urbano (IPTU) 2020. A medida foi anunciada visando garantir condições para todos os contribuintes quitaram o imposto dentro da complexidade sanitária imposta pelo coronavírus. A medida atende solicitação de contribuintes devido ao grande fluxo de pessoas junto às agências bancárias e correspondentes afins.

O pagamento do IPTU previsto para 11 de maio está estendido para 11 de junho, mas, no entanto quem quiser optar em efetuar a quitação dentro deste mês, poderá fazê-lo normalmente, conforme explicou o secretário Fabrício Cervieri. Para pagamento a vista, o desconto de 25% continua prevalecendo.

Na modalidade a prazo, a 1ª parcela a vencer dia 13 deste mês poderá ser dividido em até duas vezes, com vencimento em outubro e novembro.A sequencia das parcelas vigentes segue normal, ou seja, a segunda parcela vencerá no mês de dezembro.

Já em relação ao ISS (Imposto sobre Serviços), a prefeitura de Ponta Porã tomou medidas também para ajudar o contribuinte a se organizar financeiramente. O secretário de Finanças Fabrício Cervieri explicou ainda que o bloqueio de nota fiscal por inadimplência está suspenso até junho, assim como exigência de certidões negativas suspenso pelo mesmo período.

O secretário de Finanças Fabrício Cervieri disse que o prefeito Hélio Peluffo tem sido muito sensível no tocante gestionar ações visando amenizar a situação econômica de todos os setores.

A presidente da Associação Comercial e Empresarial de Ponta Porã, Fabrícia Dias enfatizou a importância da decisão tomada pelo prefeito Hélio Peluffo visando amenizar a situação financeira dos contribuintes, neste caso de todo o comércio. “Diante de toda essa situação imposta pela pandemia na economia de um modo geral, a decisão anunciada pela prefeitura é de extrema importância para todos nós do comércio”, destacou a dirigente classista.

Ela lembrou que os comerciantes estão tendo dificuldades para irem até as agências bancárias devido ao grande fluxo de pessoas nos bancos.

 

Ele1 - Criar site de notícias