Quinta, 09 de Julho de 2020
(67) 99242-5959
Saúde BARREIRA SANITÁRIA

Prefeitura instala barreira sanitária no acesso da BR 463

Ponto estratégico monitora chegada a Ponta Porã pela rodovia federal, com desinfecção

24/06/2020 12h08
Por: Zadir de Souza Fonte: Coordenadoria de Imprensa
Barreira sanitária está instalada no trevo da UEMS, na BR 463
Barreira sanitária está instalada no trevo da UEMS, na BR 463

Desde as primeiras horas da manhã desta quarta-feira, 24, a prefeitura de Ponta Porã através da secretaria municipal de Saúde realiza barreira sanitária no acesso da BR 463 – entrada da cidade. O ponto de atendimento está instalado no trevo de acesso à Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul e monitora a chegada via rodovia federal. O prefeito Hélio Peluffo, acompanhado do secretário de Saúde, Dr. Patrick Derzi esteve no local logo que o monitoramento iniciou.

Ao passar pelo local, o motorista está sendo abordado por profissionais da saúde, da Secretaria Municipal, com aferição da temperatura corporal, informação e orientação à população sobre a prevenção ao covid-19.

As barreiras são realizadas em pontos estratégicos, pelas vigilâncias sanitárias estadual e municipais Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e voluntários, para reforçar a vigilância nas portas de entrada das cidades. A Guarda Civil Municipal dá o suporte para o atendimento. 

“O objetivo da barreira é captar, monitorar, orientar e notificar, se for o caso, a população em trânsito que está entrando no nosso município. As pessoas abordadas são orientadas a permanecer em isolamento domiciliar pelo período de sete dias, se não tiverem sintomas, e 14 dias, se tiverem sintomas, a contar do dia em que chegaram de viagem”, explicou o secretário de Saúde, Dr. Patrick Derzi.

“Em caso de abordagem a casos suspeitos, os mesmos são notificados e orientados a permanecer em isolamento, e a equipe da Saúde da Família é comunicada para a realização de visita domiciliar e monitoramento durante o período preconizado pelo Ministério da Saúde, reforça.

Na abordagem é preenchido um questionário de onde o passageiro/motorista está vindo e para onde vai, são notificados em fichas de controle todos aqueles que venham de outros municípios, estados e países, sendo encaminhados para Vigilância Epidemiológica a fim de realizar o monitoramento.  Na ocasião, motoristas também são orientados sobre a prevenção ao COVID-19, o uso obrigatório de máscara ao sair de casa, distanciamento social e demais cuidados de higiene.

“Desta forma, solicitamos a compreensão e colaboração da população que no momento da abordagem forneçam informações fidedignas para andamento dos trabalhos”, afirmou o médico Patrick Derzi.

 

Ele1 - Criar site de notícias