Sexta, 30 de Outubro de 2020
(67) 99242-5959
Saúde OUTUBRO ROSA

Hospital Regional de Ponta Porã promove ação do Outubro Rosa

Evento teve proposta de conscientizar população sobre importância da prevenção e do diagnóstico precoce do câncer de mama e câncer de colo do útero

16/10/2020 13h23
Por: Zadir de Souza Fonte: Camila Fernandes
Campanha Outubro Rosa
Campanha Outubro Rosa

O Hospital Regional Dr. José de Simone Netto, em Ponta Porã, com apoio da Secretaria Municipal de Saúde, promoveu na última quarta-feira (14/10), no Horto Florestal, ação em prol da campanha de conscientização Outubro Rosa. A mobilização tem objetivo de alertar sobre a importância da prevenção e diagnóstico precoce do câncer de mama e câncer de colo do útero. A unidade é gerenciada pelo Instituto Acqua em parceria com a Secretaria de Estado da Saúde (SES).

"Nosso intuito foi levar informação, conscientização do diagnóstico precoce e prevenção por meio de orientações sobre o autoexame, tirar dúvidas sobre agendamento de exames, panfletagem e incentivo às atividades físicas. A detecção precoce implica em mais de 90% de chance de cura para este tipo de câncer. A prevenção sempre é o melhor remédio", destacou a gerente de enfermagem, Edna Cândido.

Mariléia Andrade Vilanova, 35 anos, participou da ação e elogiou a iniciativa. "É importante ter esse tipo de conscientização e darmos atenção para a saúde de nós mulheres. As enfermeiras tiraram dúvidas e participamos de uma aula de dança", afirmou. Para Giulia Cáceres, 31 anos, a prevenção é o melhor caminho. "O câncer de mama e colo de útero tem altas chances de cura se descobertos no início, essas campanhas nos fazem lembrar da importância do autoexame e do cuidado com nossa saúde", disse.

Campanha – O Outubro Rosa é um movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama, foi criado no início da década de 1990 pela Fundação Susan G. Komen for the Cure. A data é celebrada anualmente, com objetivo de compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença; proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade.

Dados do Instituto Nacional de Câncer (INCA) revelam que 30% dos casos da doença possam ser evitados quando são adotadas práticas saudáveis como praticar atividade física regularmente, alimentar-se de forma saudável; manter o peso corporal adequado e evitar o consumo de bebidas alcoólicas. Amamentar também é um importante fator de proteção.

Ele1 - Criar site de notícias