Sábado, 23 de Janeiro de 2021
(67) 99242-5959
Política ARTIGOS

CONJECTURAS 28.11.2020

Coluna política com o jornalista Carlos Monfort

28/11/2020 06h00
Por: Zadir de Souza Fonte: Carlos Monfort
Jornalista Carlos Monfort
Jornalista Carlos Monfort

CÂMARA

= As articulações visando a eleição da Mesa Diretora da Câmara de Vereadores de Ponta Porã para o ano de 2021 correm soltas pelos bastidores. Nesta primeira fase, os diálogos levam para a presidência e a 1ª secretaria.

Dois nomes circulam como pretendentes dentro da bancada do PSDB: Vanderlei Avelino (que teria as bênçãos do chefe da Guia Lopes) e Edinho Quintana, que mesmo negando sua pretensão vem conversando com um e outro futuro colega de Parlamento, tentando abrir caminho dentro do ninho tucano.

Por fora, mas acompanhando tudo de perto está o vereador Rafael Modesto. Como se vê, três vereadores reeleitos.

Já para a 1ª secretaria, passarinho piou ontem que o vereador Jelson Bernabé (PRB) não abre mão da cadeira ao lado do presidente.

SUBSERVIÊNCIA

= Há um estado de espírito entre um grupo de vereadores – ainda reduzido, é verdade – de não conduzir as ações legislativas com subserviência ao Executivo. Na legislatura atual, isso foi fato. Na prática essa conduta leva a um provável distanciamentodo parlamentar. Um exemplo claro disso foi o vereador Edinho Quintana, que no início do mandato foi ferrenho adversário da administração municipal, chegando a mobilizar protesto em frente ao Paço cobrando melhorias para o distrito de Sanga Puitã.

Não levou muito tempo para ele perceber que esse caminho não beneficiaria em nada seu mandato. Buscou aproximação do Executivo e tudo mudou. É assim que funciona.

RETORNO

= Servidores municipais efetivos que saíram para disputar as eleições municipais estão retornando às respectivas funções. O D.O. do dia 26 traz o Decreto de nomeação de Jorge Alves dos Santos – o Jorginho da Saúde que obteve 538 votos; Dorineide Macedo Nunes Prado – a Dora do pontaporainforma que sufragou 233 votos no pleito; e o professor Hugo Roberto Gonçalves da Costa, que conquistou 205 sufrágios nas urnas. Todos do PSDB.

PASSAPORTE

= Corre à boca pequena que a secretária de Assistente Social, Vera Lúcia de Oliveira, estaria com passaporte pronto para mudar de endereço. Perguntei ao nosso passarinho azul se procedia e ele não sabe de nada. As conversas levam Vera Lúcia para atuar na mesma área em Maracaju, cidade por onde já prestou serviços na administração do PSDB. Outra tese é que seu destino seria Amambai, gestão também do ninho tucano.

Outra: com essa possível mudança de Vera Lúcia, as moagens indicam que a vereadora eleita Kamila Alvarenga seria ungida à função de secretária de Assistência Social, abrindo caminho para o 1º suplente Marquinhos Bello Benites sentar na cadeira no plenário ´Issac Borges Capilé´ do Legislativo municipal.

Detalhe: Kamila tem ótimo relacionamento com a primeira-dama, Vânia Peluffo. Capichê!!!

Abraço especial às professoras Marlene Miltos, Elizete Cardoso, Oswaldemir Pavão, sargento PM Paulina, Alcides e Marcelo da DPE Segurança, Samuel Fialho, Eliane Gomes, Jaqueline Cardoso.

Bom fim de semana a todos e todas! Lembrando que segunda-feira, 30, entra no ar o site Conjecturas. Até lá com as bênçãos de Deus!!!

Carlos Monfort

Jornalista – DRT MS 144

[email protected]

whatsapp – 9.9104.2950

 

Ele1 - Criar site de notícias